Caerdes

Uneb, Campus Juazeiro (BA), recebe primeira edição de seminário sobre Ecologia Humana da região

Texto e fotos: Tamires de Lima

Ascom/DTCS Uneb

 

12319325_876298519149723_1716077947_nO I Seminário de Ecologia Humana do Vale do São Francisco reuniu no Centro de Agroecologia, Energias Renováveis e Desenvolvimento Sustentável (Caerdes), na Uneb, Campus Juazeiro (BA), professores, pesquisadores e outros profissionais dessa área de investigação científica, com o intuito de debater e promover a ecologia humana na região. O evento foi realizado pelo DTCS da Uneb em parceria com o Caerdes e a Sociedade Brasileira de Ecologia Humana (SABEH), nos dias 27 e 28 de novembro.

Juracy é presidente da SABEH e coordenador do mestrado em Ecologia Humana e Gestão Social da Uneb, Campus III

Juracy é presidente da SABEH e coordenador do mestrado em Ecologia Humana e Gestão Social da Uneb, Campus III

A conferência de abertura da primeira edição do seminário foi realizada pelo presidente da SABEH, professor Juracy Marques, com o tema “A ecologia hoje”. Na oportunidade, Juracy falou sobre os problemas ambientais da região e ressaltou a importância de uma formação acadêmica que pense esses problemas de forma estruturada.

“Essa é uma região com problemas ambientais complexos e que precisa de uma percepção e uma formação que trate desses problemas na complexidade que eles exigem. Eu poderia relacionar questões como as ligadas a mineradoras, ao uso de agroquímicos, a poluição, ao desmatamento e ao aquecimento”, explica Juracy.

O professor Ávila-Pires é referência nos estudos sobre a Ecologia Humana

O professor Ávila-Pires é referência nos estudos
sobre a Ecologia Humana

Como parte da programação, o professor Ávila-Pires, membro da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ministrou a palestra “Multi, Inter e Transdisciplinaridade na Ecologia Humana”, abordando a necessidade de o ecologista humano transitar nas diversas áreas do conhecimento.
Os dois dias de seminário também contou com o lançamento de três livros cujas temáticas abordam a relação do ser humano com o meio ambiente, o minicurso “Estatística Aplicada a Ecologia Humana” e a apresentação do programa de mestrado em Ecologia Humana e Gestão Sociambiental (PPGECOH) implementado nesse semestre no DTCS da Uneb e cujo início será em 2016.

Luiz Eduardo do Nascimento, graduado em Direito, é um dos candidatos ao primeiro edital do programa e afirmou que o seminário sobre ecologia humana foi importante para que ele pudesse confirmar a sua escolha acadêmica em nível de pós-graduação. “Eu tinha uma pré-compreensão de que a área tinha uma abordagem de estudo mais sistemática e isso se confirmou. Então estou gostando muito”, avaliou Luiz.

O diretor do DTCS falou sobre a problematização das relações do ser humano com a natureza

O diretor do DTCS falou sobre a problematização
das relações do ser humano com a natureza

O diretor do DTCS, professor Jairton Araújo Fraga, comemorou o lançamento do PPGECOH durante o I Seminário de Ecologia Humana do Vale do São Francisco. “O DTCS da Uneb ganha mais um programa de mestrado e isso é de extrema importância, pois mostra a vitalidade do departamento. Com o seu início, a gente pretende fazer uma discussão que envolve a vida, o homem e as suas relações consigo próprio, com suas várias individualidades e a natureza” ressalta.

4 comentários sobre “Uneb, Campus Juazeiro (BA), recebe primeira edição de seminário sobre Ecologia Humana da região

  1. Nidia Vaughn

    Bom dia!
    Gostei muito de saber desta opção de pós graduação é bem o que estou procurando. No entanto, ainda faço graduação, estou no 6 semestre do curso de ciências biológicas da Universidade Metodista de Piracicaba de São Paulo.
    Vocês poderiam me manter informada sobre a próximas inscrições?

    Obrigada,
    Nidia Vaughn Madalossi.

  2. Marcia Cris de Sousa

    Sou aluna de Economia Ecologica da UFC – Fortaleza Ce quero acompanhar a programação de curso e seminarios , infelismente não consegui me matricular no curso de Agroecologia e Agricultura Organica…será aberto novas turmas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »